Comunicação interna vs Gestão de crise

Gestão de crise na comunicação interna

Existe um consenso de que a crise dentro de uma firma é de total responsabilidade da diretoria e seus gerentes. Contudo, alguns pensam que crises começam com ações individuais, de setores ou colaboradores. Independente de ponto de vista, a comunicação interna deve estar sempre a postos para motivar equipes a fim de resolver situações que minam a organização. Para isso, é preciso ter expertise nos momentos mais delicados que se passam no local de trabalho.

Crises internas são superadas no dia a dia. Listamos algumas dicas sobre este tema tão delicado. Leia nosso artigo completo ou escolha sua seção favorita pra ler:

GESTÃO DE CRISE: UTILIZE DE MENSAGENS

Uma crise não precisa de gerência apenas quando estoura. Ela deve ser tratada no dia a dia, com ações que visem estimular os funcionários. Assim, crie mecanismos de mensagens para que os profissionais que estão na sua empresa vejam a importância da coesão de toda a equipe dentro da organização.

Você já ouviu a frase “Uma andorinha só não faz verão”? Da mesma forma, dentro da estrutura organizacional, não é diferente. Mostre aos que trabalham que eles são a engrenagem primordial da empresa.

Você pode fazer isso através de mensagens que mostrem a importância de defender o ambiente interno. Não apenas são boas opções para cuidar da crise, como também atuam como medidas preventivas e ‘vacinas’ contra possíveis problemas nas estruturas.

CONHEÇA QUEM FORMA AS OPINIÕES NA CRISE – SEJAM BOAS OU RUINS

É preciso identificar, em todos os momentos, sobretudo na crise, quem são os ‘porta-vozes’ que bradarão favoráveis ou contrários à sua empresa. No primeiro cenário, valorize os colaboradores que fazem uma relação pública efetiva da sua empresa e anote o que eles têm a dizer. Muitos são quem melhor faz propaganda das empresas e podem ser modelos a serem usados na crise.

Por outro lado, identifique aqueles que, dentro do quadro de colaboradores, só tem a falar mal da empresa. Aqui o processo é um pouco mais delicado. Mas isso se resolve pela comunicação interna e processos bem elaborados de endomarketing.

O primeiro passo é mostrar que, se ele está falando mal da organização, isso o afetará diretamente bem como a todo o grupo. Em épocas de crise, demonstre firmeza e racionalidade. Ouça o que a sua equipe tem a dizer com frequência. E então, elabore estratégias para resolver os problemas o quanto antes.

CONTROLE OS RUMORES QUE SURGEM NA EMPRESA

Dentre os principais elementos que corroem um bom ambiente de trabalho, podemos citar os rumores e fofocas. Minimizá-los é necessário. Para que isso ocorra, tenha uma boa comunicação com todos os funcionários e se disponha a responder possíveis dúvidas em relação aos rumores. Lembre-se de que uma mentira que saia da sua empresa através de um colaborador pode ser muito mais negativa que dados concretos expostos por balanços financeiros.

Mantenha-se em constante contato com os colaboradores e antecipe as possíveis crises decorrentes de informações falsas. Lembre-se que, muitas vezes, pode ser apenas ‘lobby’. Desencoraje a fofoca! Seja como for, peça que os profissionais reportem todas as suas ânsias aos setores específicos da empresa.

A CRISE SE SUPERA NO COTIDIANO

O principal elemento para lidar com a crise de uma empresa é um processo de comunicação interna eficaz. Quando a comunicação é bem estruturada, ela acaba com rumores infundados. Assim, valoriza aqueles que falam bem da organização, motivando as equipes e desencorajando detratores. Com conhecimento da equipe e vontade de engajar o time, será mais fácil lidar com essas situações que podem bater à porta a qualquer momento.

Pensando nisso, a Pix Mídia criou uma série de materiais gratuitos para download, entre templates editáveis, vinhetas, ebooks e outros. Abordamos vários temas para que profissionais de RH, Comunicação Interna e Endomarketing possam passar suas mensagens. Você também pode acessar esses conteúdos através da seguinte página:

Nos próximos artigos vamos abordar esses temas, e vamos mostrar como poderemos ajudar vocês, profissionais, nestes assuntos tão importantes para o dia a dia nas empresas.

Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *