Janeiro Branco – Dicas de Ações + Kit de Conteúdo

Estamos no Janeiro Branco: o mês da saúde mental e do bem-estar. Depois de mais de um ano de pandemia, esses dois temas entraram, de vez, no vocabulário de muita gente. Com base nisso,

Janeiro-Branco-Capa-Blog-Pix-Midia
Pix Mídia
Janeiro Branco – Dicas de Ações + Kit de Conteúdo

Compartilhar:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp
Share on telegram

Estamos no Janeiro Branco: o mês da saúde mental e do bem-estar. Depois de mais de um ano de pandemia, esses dois temas entraram, de vez, no vocabulário de muita gente. Com base nisso, investir na TV corporativa é uma das formas de não deixar essas pautas caírem no esquecimento.

Com a chegada da Covid-19 no ano passado, o mundo passou a lidar com o distanciamento social. Uma medida que visa reduzir a circulação de pessoas em espaços públicos e privados para conter o avanço de uma doença. Afinal de contas, o vírus é extremamente contagioso e não havia vacina.

Felizmente, a imunização no país avança dia após dia. Por outro lado, campanhas como o Janeiro Branco nunca foram tão importantes quanto agora. Isso porque muitas pessoas perderam seus amigos, familiares, etc. O que pode causar doenças como a ansiedade, depressão, entre outras.

Para se ter ideia, o brasileiro nunca pesquisou tantos termos relacionados à saúde mental. De acordo com o Google, as buscas cresceram 98% só em 2020. Esses números são a prova de que falar sobre o assunto é bem importante. Não só em casa, mas também na escola e no trabalho.

Por isso, o Janeiro Branco chega em 2022 com uma missão ainda mais nobre: a de mostrar para a população que cuidar da mente é tão importante quanto cuidar do corpo. E que ao contrário do que se imagina, ninguém está livre de passar por uma situação difícil. Até mesmo no trabalho.

Janeiro Branco: o que ele tem a ver com o trabalho?

Se antes da pandemia o home office era uma opção, com a Covid-19 ele se tornou a realidade de muitos brasileiros. Em vez do escritório, que oferece tudo o que o profissional precisa para fazer um bom trabalho, ele está em casa. Dividindo a sua atenção com os filhos em outro ambiente.

No entanto, existem cenários bem piores que esse. De acordo com o IBGE, o Brasil bateu o recorde de 14,8 milhões de desempregados em meio à pandemia. Um número que mexe com o sustento e a autoestima de muita gente. Nesse sentido, qual é o papel da campanha do Janeiro Branco?

Em resumo, tanto o home office quanto o desemprego podem afetar a saúde mental das pessoas. Ao passo que o primeiro expõe os colaboradores a jornadas intermináveis, o segundo afeta as suas relações sociais e a sua capacidade de fazer planos. O que pode desencadear crises de ansiedade.

É por isso que campanhas como o Janeiro Branco e o Setembro Amarelo lançam luz sobre a saúde mental e a importância de cuidar dela. Até mesmo no ambiente de trabalho. De acordo com a Capita, 79% dos profissionais dizem que sofreram de algum transtorno no último ano.

Sendo assim, os canais da sua empresa, tais como as redes sociais e a TV corporativa, são muito úteis para abordar o tema de forma clara e leve. De modo a ouvir o que os colaboradores tem a dizer e dar toda a assistência que eles precisam. Continue lendo e saiba como tratar do assunto:

Comunicação violenta? Não mais

Muito se diz que temos dois ouvidos e uma boca para ouvir mais e falar menos. Sendo assim, a escuta é uma forma de evitar conflitos, além de contribuir para um ambiente de bem-estar e leveza. Aproveite o Janeiro Branco e incorpore uma cultura de feedbacks menos agressivos.

Dê nome às coisas em vez de escondê-las

Por que fingir que os problemas de saúde mental não existem se a sua empresa pode abordá-los de diversas formas? Fale sobre as doenças e os sintomas com clareza e oriente os funcionários a procurarem ajuda. Parece simples, mas isso faz com que eles percebam que não estão sozinhos.

Tudo começa pelo diálogo

Ninguém é obrigado a saber de tudo. Nem mesmo a sua empresa. Porém, isso não a impede de convidar um psicólogo para bater um papo com a equipe sobre saúde mental. Além da prática e da técnica, os especialistas passam confiança e sabem ser didáticos com a equipe. Invista na ideia.

Um ambiente de trabalho mais saudável

Desde o último dia 1º de janeiro, a Síndrome de Burnout se tornou uma doença do trabalho. Essa é uma decisão da OMS, que antes considerava o fenômeno um problema de saúde mental. Capaz de causar sintomas como o esgotamento e a queda na produtividade. Porém, o que mudou?

De agora em diante, as empresas podem ser responsabilizadas pela doença ou até indenizarem o funcionário. Por outro lado, o laudo médico passa a considerar outros motivos, além da cobrança interna do paciente. Por meio de uma avaliação do local de trabalho e do relato de testemunhas.

Pensando nisso, o Janeiro Branco pode ser o pontapé inicial para mudanças ainda mais profundas na cultura da empresa. Até porque líderes autoritários e punições severas não levam ninguém a lugar algum. Isso só reduz o desempenho do time e reforça a sensação de medo e insegurança.

O Janeiro Branco e a TV Corporativa

Banner

Se a sua empresa quer atingir melhores resultados, ela precisa de um sistema de TV corporativa completo, de fácil gerenciamento e intuitivo. O iMídiaTV oferece tudo isso! Seja para alimentar uma ou dezenas de telas ao mesmo tempo. Baixe o pacote de materiais. É grátis! Clique aqui.

COMENTÁRIOS:

ARTIGOS RELACIONADOS:

Agosto Dourado na Empresa | Capa do Blog
O Agosto Dourado é o mês de incentivo à amamentação. Leia dicas criativas de endomarketing e baixe grátis o kit de imagens + vídeo!

Material Rico:

Aproveite e assine nossa newsletter
Inscreva-se no nosso blog e receba todos os nossos conteúdos gratuitos de Endomarketing e Comunicação Interna.

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do nosso site. Clicando no botão Prosseguir, você concorda com o uso desses cookies. Para mais informações, acesse Politica de Privacidade