Fevereiro Laranja: conheça a campanha e baixe o material gratuito!

Fevereiro Laranja

A campanha chamada Fevereiro Laranja intui conscientizar e manter em alerta sobre a leucemia. Um dos pontos fortes da campanha é orientar as pessoas sobre a relevância de se fazer exames para que o diagnóstico saia o mais rápido possível.

Segundo o INCA – Instituto Nacional de Câncer, somente no ano de 2018 foram estimados 10.800 novos casos de leucemia no país, a conta traduzida em gênero dizia que 5.940 seriam homens e 4.860 mulheres.

O INCA ainda estimou que o ano de 2020 teria mais de 10 mil casos novos.

Dessa forma, pode-se entender o quão complexo e sério é o tema, além disso, a campanha visa sensibilizar em prol da doação de medula óssea que nesse caso é de suma importância.

A conscientização é o principal caminho para o diagnóstico precoce e tratamento da leucemia

Mas afinal, que doença é essa?

A leucemia é uma doença que ataca os glóbulos brancos. Seu principal traço é o acúmulo de células doentes na medula óssea, ou seja, a leucemia é um tipo de câncer dos tecidos que formam o sangue.

A leucemia pode ter a forma aguda ou crônica. Na forma aguda, as células se multiplicam de forma muito rápida, provocando a morte das células saudáveis na medula óssea e sangue.

Já na forma crônica, as células se multiplicam de forma lenta e os sintomas podem demorar muitos meses para aparecerem. Esta forma também requer diagnóstico e tratamento específico, mas os sintomas são menos intensos.

Muitos pacientes com tipos de leucemia que crescem de forma lenta não têm sintomas. No entanto, os tipos de leucemia de crescimento rápido podem causar sintomas que incluem:

  • Fadiga;
  • Perda de peso;
  • Infecções frequentes;
  • Sangramento fácil ou hematomas.

Agora que já conhece a campanha e a sua relevância veja as dicas que preparamos para a data.

3 ações para o Fevereiro Laranja

Cuidar dos colaboradores talvez seja a melhor demonstração de afeto por quem trabalha por e pela empresa. Também é uma boa maneira de estreitar os laços entre a empresa e o colaborador e de quebra, incentivá-los a fazerem o bem.

1. Palestras de sensibilização:

Palestra de sensibilização é uma ótima forma de fazer as pessoas entenderem alguma causa e sua importância. Dessa forma, traga profissionais de saúde para a empresa, bem como, pessoas que já passaram pelo tratamento para contar sua história e experiência de vida. Explicar o processo do tratamento e ouvir uma história de superação de perto pode ser muito positivo para os colaboradores.

2. Inicie uma campanha de doação de medula óssea

Já que uma das maiores dificuldades de quem é diagnosticado é achar um doador de medula óssea que seja compatível. Dessa forma, uma boa maneira de ajudar é fazendo uma campanha de doação interna, na empresa. Sendo assim, deixe os colaboradores seguros de que poderão se deslocar até o hemocentro e fazer a doação sem que tenha uma pressão por conta da presença, uma vez que deve-se respeitar o tempo de recuperação do doador, pois não é um processo tão simples e exige cuidados.

3. Use a Tv Corporativa

A Tv Corporativa é uma boa opção para quem quer planejar o mês e rodar campanhas como essa. Nesse sentido, a solução trás praticidade para o dia-a-dia e se faz essencial para o planejamento de ações de endomarketing como essa. Programar o conteúdo e sensibilizar conforme a cultura da empresa é primordial para se obter bons resultados. É um meio de comunicação que atinge todos os colaboradores, em todos os níveis da organização. Vale muito a pena.

Conclusão

Por fim, podemos dizer que evitar os fatores de risco conhecidos e detectar precocemente qualquer tipo de câncer ainda é a melhor estratégia para combater a doença e oferecer qualidade de vida por meio do tratamento adequado. A campanha Fevereiro Laranja destaca ainda que a doação de medula também é muito importante, pois a cada cem mil pacientes, é encontrado apenas um doador é compatível. Portanto, quanto mais doadores, maiores são as chances de compatibilidade entre pessoas.

Multiplique essa ação com seus colaboradores, implantar uma cultura multiplicadora do bem e de boas ações estimula o clima de colaboração entre as equipes e pode render bons resultados para a empresa.

E ai, curtiu nosso conteúdo? Então baixe o nosso material de Fevereiro Laranja!