Início Comunicação Interna Plano de comunicação interna: os primeiros passos para empresas que querem crescer

Plano de comunicação interna: os primeiros passos para empresas que querem crescer

Entenda como o plano de comunicação interna pode ser útil na hora de informar os colaboradores sobre o que se passa na empresa

Plano de comunicação interna: os primeiros passos para empresas que querem crescer

Se tem uma coisa que atrapalha o dia a dia de qualquer empresa, independentemente do tamanho, é a falta de um plano de comunicação interna bem estruturado.

Isso faz com que as informações se percam nos corredores. É o disse me disse de funcionários que, na tentativa de entender o que se passa, acabam se confundindo ainda mais. 

Isso pode ser reflexo de informações descentralizadas, que ocorrem quando os líderes de cada setor não conversam entre si e disparam comunicados sem antes definir uma estratégia.

Para evitar esse e outros problemas, as empresas precisam de um plano de comunicação interna, que nada mais é do que um roteiro que define a forma como a organização vai se comunicar com o público interno.

Além disso, o plano apresenta os objetivos que a empresa pretende atingir por meio da comunicação, bem como as ações e tarefas a serem realizadas. 

Continue lendo e saiba como os profissionais que atuam nas áreas de comunicação, marketing e recursos humanos têm a ganhar com um plano bem estruturado:

Tudo começa pelo diagnóstico

Um bom plano de comunicação interna precisa passar pelo diagnóstico, etapa em que a empresa ouve o que os colaboradores têm a dizer sobre o modo como a organização se comunica internamente.

Abaixo você confere um trecho retirado do nosso e-book diagnóstico de comunicação interna simplificado, que diz: 

É como se a gente tirasse uma fotografia do momento atual da empresa, entendendo seus contextos internos e externos, seu mercado, suas práticas, produtos e serviços, seus relacionamentos e, é claro, a comunicação com seu público interno. 

Por meio do diagnóstico, a empresa entende como as áreas se comunicam, o caminho que as informações percorrem para chegar até os colaboradores, quais os canais utilizados, entre outros aspectos.

Além disso, com esses dados em mãos, fica bem mais fácil atender às necessidades da comunicação, definir uma estratégia compatível com os objetivos da empresa e até mesmo fazer projeções para o futuro. 

Outro fator importante é identificar se o discurso da organização condiz com a sua realidade. 

Supomos que a diversidade é um dos pilares de uma empresa. Além de declarar apoio à comunidade LGBTQIAP+ nas redes sociais, a diversidade de gênero e sexual deve ser priorizada na hora de contratar novos talentos.

O mesmo vale para empresas que se dizem sustentáveis, mas não são. Afinal, do que adianta se vender como uma companhia que cuida do meio ambiente, quando na verdade a prática não faz parte da cultura organizacional?

É hora de planejar

Depois de identificar os pontos fortes da comunicação e da política da empresa, e o que precisa ser melhorado, é chegada a hora de traçar estratégias.

É nessa etapa em que os profissionais se reúnem para debater ideias e definir as ações que serão realizadas, além dos recursos necessários para tirá-las do papel. 

Vale lembrar que um diagnóstico bem detalhado vai garantir que as decisões tomadas nessa etapa sejam baseadas na ciência, em cima de dados, diminuindo as chances de erro.

Essas informações também auxiliam a equipe a apresentar o plano de comunicação e defender ideias com mais autoridade. Sem espaço para achismos, a gestão acaba se convencendo de que a energia, os recursos e o tempo investidos são necessários.

Afinal, existe um estudo que comprova que as iniciativas podem trazer bons resultados.

O raio X dos canais de comunicação

Existem vários canais de comunicação que podem fazer parte do seu plano. Tudo vai depender das necessidades de cada organização, do perfil do público interno e do tipo de mensagem que será transmitida. 

Dito isso, as empresas não precisam abrir mão do offline para abraçar o online. Em vez de aposentar a papelaria de uma vez por todas, diminua a frequência e invista na TV corporativa, uma opção mais econômica e sustentável.

O mesmo vale para o aplicativo de comunicação interna, uma tecnologia que faz parte da estratégia de muitas empresas. 

Inspirado no uso e no visual das redes sociais, o ImidiaApp é intuitivo e familiar aos colaboradores, o que facilita a interação com os colegas, conteúdos e o RH. 

Interessou-se pelas soluções da Pix Midia? Clique aqui e agende uma demo com um de nossos consultores. É grátis!

Conheça a Pix Mídia.
Peça uma demonstração gratuita.

Falta pouco para você solicitar uma demonstração grátis das nossas soluções. Preencha abaixo:

ImidiaApp

Temos outros conteúdos para você!

Como assim você vai sair antes de garantir uma

demonstração gratuita?

Preencha os campos abaixo e solicite uma demonstração gratuita.

TV Corporativa para Empresas