Início Endomarketing Dia das Mães – 5 dicas de ações + kit de materiais

Dia das Mães – 5 dicas de ações + kit de materiais

O Dia das Mães é uma das datas festivas mais importantes do ano. Leia o artigo e saiba como celebrá-lo na sua empresa

Falta pouco para o Dia das Mães e a pergunta que não quer calar é a seguinte: o que a sua empresa pretende fazer para engajar os colaboradores nesta época do ano?

O Dia das Mães é uma oportunidade imperdível para que o RH se conecte às mães da equipe. Afinal, além do cuidado com os filhos, elas passam a maior parte do tempo trabalhando fora, o que está longe de ser uma simples escolha de vida.

Desde a infância, as mulheres são ensinadas pela sociedade que devem servir aos homens. Isso vai desde os afazeres domésticos à criação dos filhos, atividades que independem de gênero, mas que acabam sobrecarregando as mulheres.

Por outro lado, os homens são incentivados, desde o começo, a adquirir sua independência financeira, escolher uma profissão, etc. Muita coisa mudou nos últimos tempos, mas precisamos avançar ainda mais para conquistar a igualdade de gênero.

O que o Dia das Mães tem a ver com a igualdade de gênero?

Dia das Mães, mundo do trabalho, desigualdade de gênero… Em um primeiro momento, até parece que uma coisa não tem nada a ver com a outra, mas o nosso kit de materiais + ideias de ações podem auxiliar sua empresa a discutir temas tão importantes.

O abismo entre homens e mulheres se confirma através de uma pesquisa do IBGE. Em 2019, as mulheres trabalharam 53,3 horas semanais. Do total de horas, 34,8 foram dedicadas ao emprego, enquanto 18,5 horas aos cuidados com a casa e a família.

Já os homens acumularam 50,3 horas trabalhadas por semana, mas dedicaram apenas 10,4 horas aos afazeres domésticos. Isso quer dizer que, mesmo trabalhando fora, elas dedicam 8 horas a mais às tarefas do lar do que os homens.

Como se não bastasse, muitas mulheres são obrigadas a abrir mão da sua carreira para dar conta da casa, dos filhos, etc. Um dos motivos é o abandono paterno, uma realidade que atinge cerca de 12 milhões de famílias formadas por mães solo.

Dito isso, o Dia das Mães na empresa pode representar vários perfis de mulheres. Afinal, a maternidade é uma escolha como qualquer outra, então é normal que ela não se encaixe na vida de todo mundo.

Se você quer saber mais sobre liderança feminina, maternidade e a mulher no mercado de trabalho, ouça o décimo episódio do podcast Endomarketing Brasil, ou assista à entrevista na íntegra em nosso canal no YouTube.

5 dicas de ações para o Dia das Mães na empresa

Mockup do kit de materiais para o Dia das Mães na empresa

1. Baixe grátis o kit de materiais

Agora que você já sabe que o Dia das Mães pode render vários outros assuntos, o que acha de utilizar essas informações em conteúdos informativos, que chamam a atenção do público interno, e causam impacto em diferentes canais?

Estamos falando do pacote de materiais, que contém imagens exclusivas para a sua empresa entrar no clima do Dia das Mães. Clique no banner e baixe agora:

Além de alimentar o feed do aplicativo para colaboradores e das redes sociais, você pode incluir as mídias na programação da TV corporativa. Tudo de maneira remota e em poucos cliques.

Abaixo você confere a lista de materiais:

  • 1 adesivo
  • 1 bóton
  • 1 card comemorativo
  • 3 layouts editáveis p/ redes sociais (feed, storie + tablet)
  • 1 marca-página
  • 3 papéis de parede
  • 3 telas p/ TV corporativa
  • 1 vídeo (horizontal + vertical)

2. Crie um grupo de mães

Das mães de primeira viagem às mais experientes, não importa: a maternidade é um período de muitas descobertas e dúvidas. Por isso, as mães precisam de uma rede de apoio para trocar experiências, ouvir umas às outras, e muito mais.

Sendo assim, aproveite o Dia das Mães na empresa e crie um grupo com encontros durante o ano todo. Além das rodas de bate-papo, a empresa pode convidar palestrantes para tratar assuntos como autocuidado, carreira, saúde mental, etc.

Canais como o aplicativo para colaboradores e a TV corporativa podem ser úteis para divulgar a data dos próximos encontros, o currículo dos convidados, os assuntos que serão abordados, etc.

3. Enalteça a individualidade de cada uma

Falamos sobre a importância de reconhecer que cada mãe é única e tem uma história de vida diferente. Reconheça as escolhas, o estilo de ser e a realidade das mães que atuam na sua empresa. Assim, você cria uma campanha mais representativa e que acolhe todas as mulheres.

Faça entrevistas e transforme o conteúdo em um vídeo para o aplicativo, redes sociais e TV corporativa. Além de inspirar todo mundo com relatos reais, você se conecta e se aproxima do seu público interno, o que aumenta o engajamento de suas ações.

Você também pode pedir fotos e vídeos do arquivo pessoal das colaboradoras para ilustrar sua narrativa e deixá-la ainda mais emocionante.

Ah! Caso você queira utilizar fotos dos filhos no seu vídeo, não esqueça de pedir para a funcionária assinar um termo de autorização de uso de imagem.

4. Faça uma surpresa especial

As mães que atuam na sua empresa podem ser surpreendidas com uma mensagem de carinho dos filhos e familiares. Basta fazer contato com os parentes em segredo, e pedir para que enviem um relato cheio de amor e carinho.

O formato da mensagem pouco importa. Tudo vai depender do canal onde ela será veiculada. Pode ser um texto, um vídeo, ou até mesmo um desenho: o que vale é a criatividade.

Para quem faz home office, a empresa pode enviar um mimo ao endereço de cada mãe, tais como: uma cesta de café da manhã, um kit personalizado, um vale-compras adicional, e muito mais.

5. Ofereça benefícios a longo prazo

Você sabia que o Dia das Mães pode ir além das homenagens? Ações pontuais têm a sua importância, mas para manter a sua equipe motivada, é preciso investir em soluções a longo prazo.

Além da licença-maternidade de 120 dias, um direito garantido por lei, a organização pode oferecer flexibilidade no horário de trabalho, uma forma de lidar com algum imprevisto que possa surgir pelo caminho.

Outra solução é o próprio home-office. Nem todas as mães têm com quem deixar o bebê recém-nascido. Nesse caso, o trabalho à distância permite que a colaboradora concilie o cuidado com os filhos e as tarefas do trabalho.

A amamentação também é um tópico importante. Para se ter uma ideia, a legislação trabalhista prevê o direito a duas pausas diárias de meia hora cada para que as mães amamentem seus bebês.

Contudo, a maioria das mães não têm o privilégio de trabalhar perto de casa, o que pode comprometer a saúde do bebê e o seu vínculo com a mãe.

É por isso que algumas organizações estão investindo na sala de amamentação, um espaço onde as funcionárias retiram e armazenam o leite de maneira adequada. Assim, elas podem alimentar a criança em outro momento.

Por fim, temos a licença-paternidade estendida, um benefício que não está na lei, mas que faz toda a diferença nos primeiros dias do bebê. O afastamento remunerado garantido pela CLT é de 5 dias corridos, o que não é suficiente.

Para aumentar o engajamento dos colaboradores e promover a igualdade de gênero, algumas companhias estão prolongando a licença. Assim, os homens fortalecem o vínculo com a criança e dividem as responsabilidades com a mãe.

Conheça a Pix Mídia.
Peça uma demonstração gratuita.

Falta pouco para você solicitar uma demonstração grátis das nossas soluções. Preencha abaixo:

ImidiaApp

Temos outros conteúdos para você!

Como assim você vai sair antes de garantir uma

demonstração gratuita?

Preencha os campos abaixo e solicite uma demonstração gratuita.

TV Corporativa para Empresas