Clima organizacional: impactos de um ambiente organizacional estressante!

ESTRESSE NO AMBIENTE DE TRABALHO

Clima organizacional: Entenda os impactos negativos que um ambiente organizacional estressante pode causar nos funcionários!

Nos últimos tempos, muito se tem falado sobre como os níveis de ansiedade e estresse estão sendo cada vez mais recorrentes nas pessoas. Na esfera corporativa, isso não é diferente, afinal, a empresa é um dos locais onde mais passamos o nosso tempo ao longo da vida.

Nesse sentido, vale lembrar que entre as muitas atividades que um gestor pode ter, a tarefa de manter um bom clima com a finalidade de ter um local de trabalho saudável e produtivo, é uma das mais cruciais.

Nesse sentido, entender como um ambiente carregado de situações tensas pode refletir no bem-estar e produtividade do quadro funcional é bem relevante.

Sendo assim, siga conosco na leitura do artigo e entenda sobre o que estamos falando!

Afinal, o que é clima organizacional?

Com os avanços da industrialização que resultou na inclusão de novas tecnologias nos fluxos de trabalho, iniciou-se também, uma mudança estrutural nas empresas.
Processos, fluxos de trabalho, politicas internas, a forma de comunicar e, até mesmo, a imposição de novas condutas para o quadro funcional foram introduzidas. Todas essas mudanças implicam no sentido de transformar de alguma forma, aquilo que chamamos de clima, ou C.O.

O clima, por sua vez, atua como um indicador de satisfação em relação ao que o quadro funcional entende à respeito do seu local de trabalho. Dessa forma, o clima pode criar influencia nos níveis de produção da empresa, afinal, o clima é uma das estruturas presentes na C.O.

Sendo assim, a cultura e o clima, são nuances para se entender certas condutas que o quadro funcional tem na firma. Desse modo, se o local de trabalho é tenso e isso acaba por “respingar” nos empregados, emitindo novas condutas e passando a eles um certo “estresse ocupacional”, o clima e a cultura da empresa são os mecanismos-chave para mudanças a fim de reverter o quadro. Entenda um pouco mais a seguir!

O que pode causar um ambiente organizacional estressante?

Toda instituição que possui um objetivo mútuo – como toda organização – visa alcançá-lo através de uma série de parâmetros de tempo, eficiência, qualidade e nível de produção. O clima, nesse caso, entra como um meio que visa alinhar expectativas ao mesmo tempo em que deixa todos satisfeitos, além de direcionar as condutas para que estas estejam alinhadas aos preceitos que norteiam a firma.

Dessa forma, um local de trabalho estressante pode ser efeito de um clima ruim, veja o que pode influenciar:

  • ausência de pesquisas de clima e de cultura;
  • inexistência de feedbacks;
  • escuta inativa por parte da gestão;
  • falta de preparo para executar uma liderança positiva;
  • ineficácia da C.I.;
  • carência de ações de endomarketing;
  • falta de adaptação com a cultura.

Outros agentes influenciadores de uma cultura organizacional estressante:

Para falar de um local de trabalho estressante é preciso levar em conta os fatores individuais e coletivos do quadro funcional, uma vez que, esses ajudam a entender as premissas de cada um em relação à empresa, veja o que pode ser levado em conta:

  • Falta de planos de D.P. ;
  • Problemas na infra da firma;
  • Inexistência de um plano de salarial adequado;
  • carência de ações de valorização e endomarketing;
  • construção de metas confusas;
  • estimulo de competitividade extrema entre funcionários;
  • gestão inadequada da distribuição de atividades e demandas.

Situações de estresse acontecem o tempo todo….

Várias situações tensas acontecem em muitos momentos durante o dia, o estresse é uma reação natural que chega em resposta ao lidar com algumas questões – que normalmente são pontuais- , portanto, nem sempre é valido considerar como algo totalmente ruim.

Desse modo, o que configura um problema que merece atenção é a frequência com que essas situações acontecem, pois expor alguém a uma cultura onde tudo é um grande problema pode ser fatal para que ocorra uma desestabilidade emocional, onde:

  • o medo;
  • a insegurança;
  • ansiedade;
  • falta de proatividade;
  • negatividade;
  • falta de foco na busca de soluções.

Tomam conta do espectro da vida profissional dos empregados, tornando-se assim, um grande problema para a relação entre a empresa e o seu quadro funcional.

O que fazer para reverter a situação?

Criar um local de trabalho que tenha um bom clima embora pareça complexo, não é um “bicho de 7 cabeças”, ao contrário, com ações frequentes, estruturas de gestão de pessoas bem fortificadas e uma C.I bem estabelecida é possível reverter a situação em um período não tão longo.

Vale lembrar, nesse caso, que o clima lida de forma direta com as percepções e perspectivas do quadro funcional, ou seja, emoções e sentimentos cruciais para criar uma relação afetiva, de parceria e troca mútua.

Pensando nisso, citamos abaixo, algumas ações que podem ajudar a reverter a situação, confira:

  • Pesquisa de clima: o primeiro passo é uma pesquisa de clima. Através dela, saberá como o quadro funcional se sente em relação ao local de trabalho e, assim, poderá conduzir todos os próximos passos a seguir.
  • Faça gestão de pessoas: trace um programa de desenvolvimento pessoal. E motive os empregados a lutarem por uma posição melhor ou uma transição na empresa.
  • Crie um ambiente de confiança: mais crucial do que apenas falar é ouvir. Nesse caso, dar espaço para o empregado falar sobre seus anseios no âmbito de sua vida profissional é também garantir uma relação de troca.
  • Invista em valorização: ações para valorizar o quadro funcional são ótimas opções, ou seja, invista em endomarketing para aproximar e valorizar.
  • Estruture a C.I.: uma C.I. efetiva e com foco na emissão de informações transparentes comunica à todos e cria uma relação de confiança com o quadro funcional.

Em conclusão…

Por fim, vale concluir que um ambiente organizacional que está sempre carregado de situações que causam estresse, não faz bem para os colaboradores e nem para a firma.

Dessa forma, promova ações que objetivam reverter o caso, uma empresa que leva em conta os sentimentos do seu quadro funcional, além de promover um bom clima mostra que se preocupa com o seu maior ativo: os seus colaboradores.

E lembre-se: empregados com satisfação em fazer o seu trabalho tendem a fazer entregas mais ageis e com mais qualidade.

E aí, gostou do nosso conteúdo? Então saiba mais sobre a nossa solução de TV Corporativa e veja como é fácil administrar a comunicação e as suas ações de valorização, com o IMídiaTV.

ambiente corporativo estressante
TV Corporativa Pix Mídia!!!