Início Comunicação Interna Cultura organizacional humanizada e socialmente responsável

Cultura organizacional humanizada e socialmente responsável

Como vivenciar a cultura organizacional de dentro para fora? De que forma os colaboradores podem fazer parte desse processo? Leia o artigo produzido com base na entrevista com Key Fortaleza no podcast Endomarketing Brasil

Se você é da comunicação, marketing ou RH e quer aprofundar seus conhecimentos sobre cultura organizacional, não perca o bate-papo com a doutora em comunicação corporativa pela USP Key Fortaleza, que dedicou quase 20 anos de sua carreira para construir culturas mais humanizadas e socialmente responsáveis.

Uma das primeiras coisas que você precisa saber sobre cultura organizacional é que ela é o coração de uma empresa. Se ele para de bater em sintonia com os valores, crenças, normas e comportamentos do negócio, as outras partes que formam esse organismo também param de funcionar, comprometendo a motivação e o desempenho dos colaboradores.

Quando a cultura e os objetivos da empresa estão alinhados, os funcionários agem de acordo com a missão do negócio, uma sinergia que só tem a agregar ao sucesso da empresa. Porém, é necessário que a comunicação com os colaboradores flua com o máximo de transparência e honestidade possível, e isso depende de uma estratégia bem alinhada.

Essa estratégia também passa pelos canais de comunicação que a empresa utiliza. Por meio deles, as informações chegam até as pessoas de forma rápida e eficaz, e isso é fundamental para construir uma cultura de trabalho sólida e que todo mundo entende.

Soluções como a TV corporativa + app de comunicação interna, por exemplo, formam o combo ideal para empresas que desejam reforçar sua identidade e construir uma cultura com foco nas pessoas. Abaixo você confere dicas de conteúdo para divulgar a cultura da sua empresa:

Vale lembrar que a cultura de uma empresa vai muito além dos conteúdos divulgados na TV e no app. Isso quer dizer que a organização precisa transformar o que é dito em ações concretas. Dessa forma, os colaboradores estarão verdadeiramente engajados aos objetivos da empresa.

Entendendo o clima da empresa

Assista ao bate-papo sobre cultura organizacional no YouTube

Você já experimentou fazer uma breve pesquisa no Google para saber qual é a missão e os valores das empresas que você conhece? Esse é o exercício que a nossa entrevistada Key Fortaleza costuma fazer com os seus alunos em sala de aula.

O resultado é, no mínimo, curioso: empresas com manifestos genéricos e que não refletem o verdadeiro espírito da organização. Muitas vezes, essas descrições parecem ter sido criadas para cumprir tabela e ocupar um lugar escondido no site institucional.

No entanto, se antes os colaboradores e o público em geral não costumavam fazer pesquisas aprofundadas sobre as empresas que consomem, agora a realidade é outra, e cabe a você, que atua na área de comunicação, marketing ou RH, fazer a diferença na sua empresa.

Comece aplicando uma pesquisa de clima para tentar entender como os funcionários e líderes veem os valores da organização. Pergunte o que eles acham da empresa, como eles se sentem no ambiente de trabalho, os pontos que precisam ser melhorados, etc.

Essa consulta trará os insights necessários para identificar se todos estão na mesma página, além de definir os próximos passos do seu projeto de cultura organizacional. Assim, você não ficará no escuro na hora de transformar o discurso da empresa em prática.

Você também pode converter as perguntas da pesquisa em mensagens visuais e de texto que podem ser exibidas na TV corporativa e no app de comunicação interna. Para isso, use gráficos e textos curtos para chamar a atenção dos colaboradores e facilitar a compreensão.

Cultura organizacional de dentro para fora

Ouça o bate-papo sobre cultura organizacional no Spotify

Levar a cultura organizacional para além da empresa é fundamental para construir uma marca forte e que cause impacto na vida das pessoas. Contudo, não basta zelar pela imagem que o público externo têm da organização se os colaboradores, que são os principais agentes da cultura, ficam de fora desse processo.

Os funcionários passam mais tempo no trabalho do que em casa, então é natural que eles queiram fazer parte de uma companhia que não só compartilhe os mesmos ideais, mas também ofereça um ambiente acolhedor e propício ao seu crescimento profissional.

Um dos primeiros passos é evitar confundir autoridade com produtividade. Empresas bem-sucedidas estão cada vez mais conscientes de que o desempenho do time não depende necessariamente de ambientes hostis ou de gestões excessivamente centralizadoras.

Em vez disso, adote uma cultura de feedbacks mais humanizados e construtivos. Dessa forma, você extrai o que há de melhor nos colaboradores, enquanto contribui para um ambiente mais leve, aberto ao diálogo e que respeita a individualidade e o processo de cada um.

Você também pode utilizar os canais de comunicação interna para exibir relatos inspiradores e reconhecer os feitos da equipe publicamente. Além de manter os profissionais motivados, você cria um senso de pertencimento e reforça a ideia de que todos os talentos são indispensáveis para o sucesso do negócio. Comece a parabenizá-los agora mesmo!

Aprender com o passado para mudar o futuro

Uma empresa pode demorar décadas até construir uma reputação sólida e confiável, mas, na falta de uma gestão cuidadosa, essa mesma reputação pode ruir em instantes. É por isso que as organizações precisam evitar repetir os mesmos erros do passado. Afinal, a sociedade está sempre mudando e a cultura organizacional precisa se adaptar aos novos tempos.

Canais como a TV corporativa e o app de comunicação interna são ferramentas poderosas de aprendizado contínuo. Elas não apenas mantêm os funcionários bem informados sobre o que ocorre internamente, mas também lançam luz sobre questões que ultrapassam os limites da empresa, como a cidadania, diversidade, inclusão, sustentabilidade, etc.

Mas nem só de erros se vive uma empresa. Resgatar os acertos, as conquistas e os momentos de superação também é uma forma de fortalecer a cultura empresarial. Permita que o público de hoje conheça e inspire-se naqueles que ajudaram a escrever a história da companhia. Para isso, crie uma linha do tempo com os principais feitos da empresa e divulgue na TV e no app.

Sobre o podcast Endomarketing Brasil 2.0

O podcast Endomarketing Brasil 2.0 é produzido pela Pix Mídia, empresa de tecnologia que oferece soluções para comunicação interna, endomarketing e RH. Lançado em fevereiro de 2022, o programa continua entrevistando grandes nomes do mercado, e conta com 40 episódios que você confere no Spotify e YouTube. Siga o nosso perfil nas redes sociais.

Conheça a Pix Mídia.
Peça uma demonstração gratuita.

Falta pouco para você solicitar uma demonstração grátis das nossas soluções. Preencha abaixo:

ImidiaApp

Temos outros conteúdos para você!

Como assim você vai sair antes de garantir uma

demonstração gratuita?

Preencha os campos abaixo e solicite uma demonstração gratuita.

TV Corporativa para Empresas